Entrevista:Talita Vasconcelos





Autora:Talita Vasconcelos
Livros:A Morte não é o fim e Alma de Rosas




Entrevista:



                                                 1-Quando você começou a escrever?

R:Eu comecei a escrever livros com 10 anos de idade, mas só levei realmente a sério 5 anos depois, quando terminei meu primeiro projeto.


                                             2-Como surgiu a ideia de escrever um livro?

R:[Sobre o primeiro que publiquei, o romance "Alma de Rosas"] Eu tive a ideia em 2008, quando li Cyrano de Bergerac. Fiquei apaixonada pela história, e comecei a imaginar como seria hoje, se uma garota se apaixonasse por um homem comprometido, e se fosse ela própria a responsável por manter o romance aceso. Então surgiram meus protagonistas, Elizabeth, a mocinha apaixonada pelo Alessandro, que está bem longe de ser um príncipe encantado, e que ela chega a julgar um canalha por já ter traído Simone, a irmã de criação de Elizabeth.
                         
                                             3-Fale um pouco sobre você e os seus livros

R:Eu nasci em São Paulo, e sempre fui apaixonada por livros. Leio desde muito pequena, e fui alimentando o sonho de ser escritora.
No ano passado eu finalmente publiquei meus dois primeiros livros: "Alma de Rosas", um romance sobre uma escritora chamada Elizabeth, que vive atormentada pela paixão que sente pelo namorado da irmã, e pela culpa da traição que os dois protagonizaram no início do namoro deles. Para piorar um pouco a situação, Elizabeth é parcialmente responsável pelo namoro, já que foram as cartas que ela escreveu e continua escrevendo para ele o que os uniu. No revés, ela tenta conduzir sua própria vida para longe do Alessandro através de uma relação praticamente platônica com o Cristiano, um homem que sob todos os aspectos é perfeito para ela... Exceto que o coração de Elizabeth não consegue aceitar isso.
E "A Morte Não é o Fim" [meu segundo livro publicado também no ano passado] é uma coletânea de contos sobre morte e o universo sobrenatural, que vai, basicamente, do suspense ao humor negro.
Os dois estão na Saraiva, só em formato digital por enquanto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: 101 dias com ele - Paula Oliveira